Terrorista morre ao explodir bomba na China

Pequim, 2 abr (EFE).- Um homem morreu hoje na China ao explodir uma bomba em um edifício comercial da região ocidental de Xinjiang, de maioria muçulmana.

EFE |

O atentado também deixou duas pessoas feridas, mas só matou seu próprio autor, de acordo com a agência oficial de notícias "Xinhua".

A explosão ocorreu em Urumqi, capital de Xinjiang, às 14h10 locais (3h de Brasília), segundo a Polícia.

Xinjiang, habitada pela minoria uigur, de religião islâmica e língua turcomana, foi cenário de diversos ataques terroristas nos últimos meses.

O Governo chinês acusa um movimento separatista uigur de cometer uma série de explosões e ataques no ano passado, em datas próximas aos Jogos Olímpicos de Pequim.

O grupo nega sua autoria nesses ataques.

Ao mesmo tempo, organizações de direitos humanos dizem que o regime chinês aplica forte repressão sobre a minoria uigur, semelhante à do Tibete, a fim de controlar uma região rica em recursos naturais. EFE mz/jp

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG