Terrorista condenado por Lockerbie não é localizado em Trípoli

Londres, 16 dez (EFE).- O líbio Abdul Baset Ali al-Megrahi, condenado pelo atentado terrorista de Lockerbie e colocado em liberdade em agosto por razões humanitárias pelo Governo escocês, não foi encontrado em sua residência de Trípoli nem no hospital.

EFE |

A informação está hoje no jornal britânico "The Times", segundo o qual os funcionários líbios não souberam dizer nada sobre seu paradeiro e nem as autoridades escocesas encarregadas de comprovar que estão sendo cumpridas as condições de liberdade.

Alguns políticos de ambos os lados do Atlântico, assim como os familiares das 270 pessoas, na maioria americanos, que morreram no atentado de 1988 contra um avião de Pan Am que sobrevoava Escócia, estão indignados com o desaparecimento do líbio, que está com câncer de próstata em fase terminal.

O porta-voz do Parlamento de Edimburgo disse que a reputação da Escócia está em perigo e o fato demonstra o equívoco que foi responsabilizar um município escocês para supervisionar um terrorista.

Seu irmão mais velho, Mohammed, disse a "The Times" que Megrahi está sendo em tratamento com médicos italianos e está recebendo a quarta dose de quimioterapia.

Nem o advogado escocês de Megrahi, Tony Kelly, e a Embaixada britânica em Trípoli também não quiseram se pronunciar. EFE jr/dm

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG