Território separatista realiza eleições parlamentares

Tbilisi, 31 mai (EFE).- A Ossétia do Sul realiza hoje eleições parlamentares, as primeiras depois da guerra de agosto passado na qual a Rússia, após invadir a Geórgia, reconheceu a independência de seus dois territórios separatistas, Ossétia do Sul e Abkházia.

EFE |

Estas são as quintas eleições parlamentares desde 1990, quando a Ossétia do Sul, até então região autônoma da Geórgia, se proclamou república independente.

Segundo a Comissão Eleitoral Central da Ossétia do Sul, estão convocados às urnas 52,4 mil eleitores dentro de seu território e um número indeterminado de eleitores na república russa da Ossétia do Norte e em Moscou.

Com este fim na Ossétia do Sul foram abertos 88 colégios eleitorais, outros seis funcionam na Ossétia do Norte e um em Moscou.

Não participam das eleições os quase 30 mil georgianos que foram forçados a fugir da Ossétia do Sul após a invasão russa e cujos povoados foram queimados e destruídos. EFE mt-mb/ma

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG