Terremotos mais graves no mundo nos últimos 20 anos

O Haiti, país mais pobre da América, sofreu hoje um terremoto de 7 graus na escala Richter, cujas consequências ainda são desconhecidas devido às dificuldades de comunicação, mas, segundo previsões, serão catastróficas.

EFE |

Embora até o momento não tenha sido feito um reporte oficial de vítimas ou danos materiais, a comunidade internacional, que já começa a anunciar o envio de ajudas humanitárias, teme uma tragédia de grandes proporções perante a precariedade das edificações no Haiti.

O sismo, que também foi sentido na República Dominicana e em Cuba, aconteceu às 19h53 pelo horário de Brasília e o epicentro estava 15 quilômetros a sudoeste de Porto Príncipe, capital do país.

Depois foram registradas três réplicas, de 5,9, 5,5 e 5,1 graus.

Estes são alguns dos abalos mais graves ocorridos no mundo nos últimos 20 anos: - 16 julho 1990.- Manila e várias províncias de Luzon, Filipinas, são sacudidas por um sismo de 7,7 graus na escala Richter, que deixa 1.597 mortos.

- 20 outubro 1991.- Cerca de 2.000 pessoas perdem a vida em um terremoto de 6,1 graus Richter em Uttar Pradesh, norte da Índia.

- 22 março 1992.- O leste da Turquia é arrasado por um sismo de 6,3 graus. O balanço é de mil de vítimas fatais e 50.000 pessoas desabrigadas.

- 13 dezembro 1992.- A Ilha de Flores, Indonésia, é desolada por um tremor de 7,5 graus, que mata cerca de 2.500 pessoas.

- 30 setembro 1993.- Um total de 7.601 mortos e 15.846 feridos por um terremoto de 6,4 graus no estado indiano de Maharashtra.

- 17 janeiro 1995.- Um movimento de terra de 7,2 graus deixa 6.400 vítimas fatais na cidade de Kobe, oeste do Japão.

- 28 maio 1995.- Sismo de 7,5 graus deixa 1.989 mortos na cidade de Neftegorsk, norte da ilha de Sakhalin, extremo oriente da Rússia.

- 28 fevereiro 1997.- Mil vítimas é o balanço de um terremoto de 5,5 graus no noroeste do Irã.

- 10 maio 1997.- O leste do Irã, especialmente a província de Khorasan, é devastado por um abalo de 7,1 graus, que mata 1.560 pessoas.

- 4 fevereiro 1998.- No distrito de Rustaq, norte do Afeganistão, pelo menos 4.400 pessoas morreram por conta de um terremoto de 6,1 graus. Três dias depois, outro movimento de 6 graus na mesma zona causou a morte de outras 250 pessoas.

- 30 maio 1998.- A província de Tajar, nordeste do Afeganistão, sofre com um sismo de 7,1 graus, que deixa 5.000 vítimas fatais.

- 18 julho 1998.- Um maremoto, com ondas de dez metros de altura, causa pelo menos 3.000 mortos no litoral norte de Papua-Nova Guiné.

- 25 janeiro 1999.- A região de Quindío, na Colômbia, é sacudida por um tremor de 6,2 graus na escala Richter, morrem 1.100 pessoas.

- 17 agosto 1999.- No noroeste da Turquia, incluindo Istambul, um terremoto de 7,4 graus, deixa mais de 17.000 mortos e aproximadamente 30.000 feridos.

- 26 janeiro 2001.- Pelo menos 15.500 mortos em consequência de um tremor de 6,9 graus na escala Richter com epicentro em Bhuj, no estado indiano de Gujarat, no noroeste do país.

- 21 maio 2003.- Um sismo de 5,8 graus provoca 2.273 mortes, 10.243 feridos e mais de mil desaparecidos na Argélia.

- 26 dezembro 2003.- Um terremoto de 6,3 graus causa 26.271 mortes na cidade de Bam, sudeste do Irã, que fica 70% destruída, deixando sem casas dois terços dos mais de 200.000 habitantes.

- 26 dezembro 2004.- A ilha indonésia de Sumatra é devastada por um sismo de 8,9 graus, com epicentro em Aceh, que causa mais de 280.000 vítimas mortais em doze países da Ásia e África.

As nações com mais vítimas foram Indonésia (121.219 mortos) Sri Lanka (pelo menos 39.000), Índia (aproximadamente 11.000) e Tailândia (5.313, sendo 2.171 estrangeiros).

- 28 março 2005.- O oeste de Sumatra sofre um terremoto de 8,7 graus Richter e causa mais 1.300 perdas humanas.

- 8 outubro 2005.- Caxemira, região fronteiriça entre Paquistão e Índia, registra 86.000 mortes e 40.000 feridos em um movimento de 7,6 graus.

- 27 maio 2006.- Na ilha de Java, Indonésia, um abalo de 6,2 graus deixa pelo menos 6.234 mortos, 20.000 feridos e 340.000 desabrigados.

- 15 agosto 2007.- Um movimento de 8 graus na escala Richter arrasa a costa do Peru e provoca 513 mortes e 1.090 feridos.

- 12 maio 2008.- Wenchuan, China, é o epicentro de um sismo de 7,8 graus, que deixa 90.000 mortos.

- 6 abril 2009.- Um total de 299 pessoas morrem em um tremor de 6,2 graus que sacode o centro da Itália, com epicentro na região dos Abruzos. A localidade de L'Aquila foi a mais afetada.

- 30 setembro 2009.- Três mil pessoas falecem e 450.000 perdem suas casas na ilha indonésia de Sumatra, em consequência de um terremoto de 7,6 graus de Richter e uma réplica de 6,8 no dia seguinte.

- 7 novembro 2009: Um total de 452 mortos e 786 feridos por um movimento de terra de 7,9 graus no litoral de Port-Vila, Vanuatu.

- 12 janeiro 2010: Haiti sofre os estragos de um terremoto de 7,0 graus na escala Richter, o pior em sua história.

    Leia tudo sobre: haiti

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG