Terremoto no sudoeste do Paquistão deixa pelo menos 160 mortos

Pelo menos 160 pessoas e morreram e milhares ficaram desabrigadas no terremoto que sacudiu a região sudoeste do Paquistão, perto da fronteira com o Afeganistão, na manhã desta quarta-feira, anunciou o governo.

AFP |

O terremoto, de magnitude 6,4 segundo o Instituto Geológico dos Estados Unidos, aconteceu às 5H10 locais (21H10 de Brasília, terça-feira). O epicentro foi localizado 70 km ao nordeste de Quetta e 185 km ao sudeste de Kandahar.

O tremor devastou várias localidades da região de Ziarat, na província de Baluchistão, 50 quilômetros ao leste de Quetta, a capital provincial.

Os serviços de sismologia do Paquistão avaliaram a magnitude do tremor em 6,5 graus na escala Richter.

A maioria das vítimas viviam em localidades de relevo irregular. Os moradores foram surpreendidos pelo tremor no momento em que dormiam e várias casas de barro desabaram por deslizamentos de terra.

"Um total de 160 pessoas morreram", declarou à AFP o porta-voz de um ministro provincial, Zamarak Khan. "Quase 6.000 pessoas perderam suas casas", acrescentou.

Pelo menos oito povoados dos arredores de Ziarat sofreram danos e um deles ficou completamente destruído, segundo a polícia local.

As autoridades locais temem que o balanço de vítimas aumente e pediram a ajuda de equipes médicas e socorristas.

O Exército paquistanês enviou equipes de reconhecimento e de resgate à área da tragédia.

str-sz/fp

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG