Os telescópios, do Observatório Europeu do Sul (ESO - sigla em inglês), que ficam no Chile, não sofreram nenhum dano após o terremoto que atingiu o país no último sábado (27)." / Os telescópios, do Observatório Europeu do Sul (ESO - sigla em inglês), que ficam no Chile, não sofreram nenhum dano após o terremoto que atingiu o país no último sábado (27)." /

Terremoto no Chile não afetou telescópios

FONT-SIZE: 10pt; FONT-FAMILY: Arial,sans-serif; mso-fareast-font-family: Times New RomanOs telescópios, do Observatório Europeu do Sul (ESO - sigla em inglês), que ficam no Chile, não sofreram nenhum dano após o terremoto que atingiu o país no último sábado (27).

iG São Paulo |

Os três equipamentos estão localizados nas cidades de La Silla, Paranal e Chajnantor, no norte do Chile, longe do epicentro do terremoto - que aconteceu na região da cidade de Concepción. Nenhum dos funcionários ficou ferido.

O observatório da cidade de La Silla, o que fica mais ao sul, sofreu um corte de energia o que ocasionou uma pausa nas observações. Já o escritório do ESO na capital Santiago, sofreu pequenos danos. A central do Observatório, que fica na Alemanha, emitiu um comunicado prestando solidariedade às vítimas do terremoto e pedindo para astrônomos com viagem marcada ao Chile que adiem suas vindas até que a situação no aeroporto de Santiago esteja normalizada.

    Leia tudo sobre: astronomia

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG