Terremoto no Cáucaso Norte russo deixa 12 mortos na Chechênia

Moscou - Pelo menos 12 pessoas morreram hoje na Chechênia em um terremoto de 5,5 graus na escala Richter que atingiu várias regiões do Cáucaso Norte russo, segundo o Ministério da Saúde dessa república russa, citado pela rede NTV.

EFE |

Segundo as últimas informações, mais de 100 pessoas foram internadas em diversos hospitais da república, vários edifícios e casas desabaram e as infra-estruturas viárias ficaram seriamente danificadas.

O responsável interino do Ministério de Situações de Emergência russo na Chechênia, Ahmed Dzheirajanov, fala de seis mortos, entre eles uma criança de 11 anos, e 116 feridos, informaram as agências.

O Ministério de Situações de Emergência russo na Chechênia afirmou antes que, "segundo as informações recebidas, o epicentro ficou no distrito de Shelkovsky e sua magnitude foi de 5,5 graus".

Por sua vez, o Instituto de Observação Geológica dos Estados Unidos informou que o epicentro foi localizado 40 quilômetros ao leste de Grozni (capital da Chechênia), 112 quilômetros ao sudoeste de Mahatchkala (capital do Daguestão) e a uma profundidade de 10 quilômetros.

O tremor, que foi registrado após as 13h de Moscou (6h de Brasília), pôde ser sentido durante pelo menos 30 segundos e a magnitude foi de 5,3 graus, acrescenta o relatório do instituto, citado pelas agências russas.

O presidente checheno, Ramzan Kadyrov, ordenou a criação de uma comissão para avaliar as conseqüências do terremoto e lhe encomendou "tomar medidas urgentes para estabelecer a magnitude dos danos e a identidade dos mortos e feridos, e para prestar a ajuda necessária às vítimas".

    Leia tudo sobre: terremoto

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG