Terremoto na Indonésia deixa ao menos 15 mortos e 30 feridos

JACARTA - Pelo menos 15 pessoas morreram e 30 ficaram feridas no terremoto de 7,4 graus na escala Richter que hoje sacudiu a ilha indonésia de Java, informaram fontes oficiais.

Redação com agências internacionais |

De acordo com as autoridades, dezenas de casas desmoronaram ou sofreram danos em pelo menos um povoado da região.


Vilarejos tiveram casas danificadas após terremoto / AFP

A cidade de Tasikmalaya, com 840 mil habitantes e localizada a 142 quilômetros do epicentro do tremor, foi a mais afetada eplo abalo sísmico, disse a uma TV local um porta-voz do Centro para a Gestão de Crise.

Segundo informações, as mortes em Tasikmalaya foram registradas em Cibinong (seis), em Sukanegara (quatro) e em outras localidades (cinco).

No município, pelo menos 20 casas e uma mesquita ruíram ou foram danificadas pelo tremor. Em virtude da situação, as autoridades enviaram equipes médicas e de resgate à localidade, segundo uma nota do Ministério da Saúde.

O forte terremoto também provocou danos a prédios da cidade de Bandung, uma das mais povoadas da região.

Alerta de tsunami suspenso

O Centro de Alertas de Tsunami do Pacífico suspendeu o alerta de formação de tsunami após o terremoto.

"Os níveis do mar indicam que não se gerou um tsunami significante, portanto o alerta foi cancelado", indicou o centro em uma nota.

O forte abalo sísmico provocou pânico em Jacarta, onde muitos residentes notaram o tremor e alguns edifícios chegaram a ser evacuados.


Prédios de Jacarta foram evacuados / Reuters

O Serviço Geológico dos Estados Unidos, que vigia a atividade sísmica mundial, indicou que o epicentro do terremoto foi detectado a 62 quilômetros de profundidade, 104 quilômetros ao sudoeste da cidade de Bandung e 198 quilômetros ao sudeste de Jacarta, a capital.

Indonésia está localizada sobre o chamado "Anel de Fogo do Pacífico", uma zona com grande atividade sísmica e vulcânica que é sacudida cerca de 7 mil tremores ao ano, a maioria moderados.

* Como EFE

Leia mais sobre: terremoto

    Leia tudo sobre: indonésiaterremoto

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG