Terremoto na China mata pelo menos uma pessoa; outros estão soterrados

Pequim, 14 abr (EFE).- Pelo menos uma pessoa morreu outras estão soterradas em decorrência do terremoto que atingiu a província ocidental chinesa de Qinghai na manhã desta quarta (pelo horário local), segundo a agência de notícias oficial chinesa Xinhua.

EFE |

O abalo, que aconteceu às 7h49 locais (20h49 de terça em Brasília), teve magnitude 7,1 na escala Richter, de acordo com a Administração Chinesa de Terremotos.

Pouco antes, o Instituto Geológico dos Estados Unidos (USGS, sigla em inglês) tinha informado que o terremoto teve magnitude 6,9 na escala Richter.

"Até onde eu sei há pessoas mortas", disse Karsum Nyima, subdiretor do departamento de notícias da televisão local, que acrescentou que "as casas aqui são praticamente feitas de madeira e as paredes de barro. Algumas caíram com o terremoto".

Segundo um porta-voz do serviço provincial de emergências da região, as autoridades estão "investigando as possíveis vítimas, e pode haver muitas, já que era tarde e as pessoas estavam em suas casas".

Qinghai é habitada principalmente por tibetanos, mongóis, hui (muçulmanos) e chineses da etnia majoritária han, e foi uma das zonas afetadas pelo terremoto que em maio de 2008 sacudiu o norte da vizinha província de Sichuan, deixando cerca de 90 mil mortos e desaparecidos.

O oeste da China, com grandes cadeias montanhosas como o Himalaia, é zona de frequentes terremotos, embora muitos deles aconteçam em áreas pouco povoadas ou desabitadas. EFE mmp/fm

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG