Terremoto na Califórnia: eletricidade já foi restabelecida

O forte tremor de 6,5 graus que abalou o norte da Califórnia (oeste dos Estados Unidos) às 16H27 de sábado (0027 GMT de domingo), não fez nenhum ferido grave, nem provocou nenhum dano significativo e a eletricidade já foi restabelecida em todos os lares, informam as autoridades.

AFP |

Apesar disso, o sismo, de 6,5 de magnitude, com o epicentro situado no mar, a 35 km a oeste de Ferndale e a 360 km a nordeste de Sacramento, foi sentido até no Estado de Oregon ao norte, em Reno (Nevada) a oeste, e em Santa Cruz ao sul (a mais de 180 km ao sul de Sacramento), precisou o Instituto de Geofísica americano (USGS).

A cidade litorânea de Eureka, que conta com 26.000 habitantes, foi a mais atingida, com suas vizinhas Humboldt Hill e Ferndale. Mas neste domingo, as autoridades mostravam-se tranquilizadoras.

"Pode-se dizer que a cidade suportou bem o terremoto", declarou à AFP Gary Bird, porta-voz da prefeitura de Eureka.

"Não temos nenhum ferido a lamentar. Apenas alguns arranhões", acrescentou.

As autoridades devem, agora, avaliar os prejuízos materiais. Um prédio da cidade foi esvaziado neste domingo e outros também apresentam riscos.

"Vamos despachar uma grande equipe de engenheiros para avaliar a segurança dos prédios", precisou Bird.

Imagens divulgadas pelas redes de televisão locais mostravam vitrines quebradas, produtos espalhados nos chãos das lojas e alguns tetos com rachaduras ou parcialmente desabados.

O sismo havia provocado na noite de sábado cortes de energia que afetaram 25.000 moradores da região, mas a situação já se normalizou.

Mais de uma dezena de tremores foram sentidos durante a noite não longe do epicentro. Já na manhã de domingo, um deles registrou magnitude de 4,1.

O movimento de sábado foi o mais forte observado no norte da Califórnia, desde os de 2005 e de 1992, de magnitude de 7,2.

rr/fmi/sd

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG