Tamanho do texto

Pelo menos 32 pessoas morreram e 467 ficaram feridas em um terremoto que atingiu o sudoeste da China no sábado, de acordo com informações da imprensa oficial chinesa. O tremor de 6,1 graus na escala Richter abalou as províncias de Sichuan e Yunnan às 16h30 de sábado (3h30 no horário de Brasília).

Segundo a agência estatal de notícias Xinhua, os esforços de resgate estão sendo prejudicados pela chuva intensa que cai no local.

A imprensa oficial fala em mais de 250 mil casas danificadas ou destruídas pelo terremoto, com várias pessoas soterradas.

Mais de 150 mil pessoas tiveram de deixar suas casas. A rede de TV estatal CCTV mostrou várias pessoas - inclusive crianças e idosos - dormindo em cima de sacos de plástico no pátio de uma escola em Panzhihua.

"Moradores locais foram para as ruas. Rachaduras apareceram nas paredes das casas e muitas janelas se quebraram", disse uma das autoridades locais.

Tremores secundários continuaram no domingo. Um deles mediu 5,6 na escala Richter.

Parte das regiões atingidas está sem comunicação, o que dificulta a avaliação completa dos danos.

A província de Sichuan ainda está passando por trabalhos de reconstrução, depois que um terremoto no dia 12 de maio deste ano deixou mais de cinco milhões de desabrigados.