Tamanho do texto

O presidente chinês, Hu Jintao, declarou que amenizar as conseqüências do terremoto que castigou o sudoeste da China, matando pelo menos 8.700 pessoas, é a maior prioridade do governo, informou a imprensa estatal nesta terça-feira (hora local).

mbx/tt

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.