Pelo menos 65 pessoas morreram em um violento terremoto no domingo em uma cidade nas montanhas do sul do Quirguistão, perto da fronteira com a China, informaram fontes oficiais.

"O número de mortos chegou a 65", afirma um comunicado do ministério quirguiz de Situações de Emergência.

"Segundo dados preliminares, mais de 100 moradores ficaram feridos", afirmou Kamchybek Tashiev, porta-voz do ministério.

Além disso, o tremor destruiu 120 das 428 casas do povoado de Nura, no distrito de Alaisky.

O Instituto de Geofísica dos Estados Unidos (USGS) anunciou que a magnitude do terremoto, às 15H52 GMT (12H52 de Brasília, domingo), foi de 6,6.

"As imagens que vimos eram aterrorizantes. O povoado de Nura está completamente destruído. Há muitos feridos", disse Tashiev.

De acordo com o porta-voz, o balanço de mortos e feridos pode aumentar no decorrer do dia.

tol-ao/fp

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.