PEQUIM (Reuters) - Pelo menos 10 mil pessoas permaneciam soterradas na terça-feira em um único condado chinês, depois do devastador terremoto que se abateu sobre a região, informou a agência de notícias estatal Xinhua. A agência já havia informado a morte de 10 mil pessoas em Sichuan, a província mais duramente atingida, mas o grande número de pessoas soterradas no condado de Mianzhu indica que o a quantidade de mortos deve ser bem maior.

Mianzhu fica perto do epicentro do terremoto, em Wenchuan, uma área ainda inacessível às equipes de resgate por causa dos danos causados pelo terremoto.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.