Terremoto de magnitude 5,6 atinge arredores de Guantánamo

WASHINGTON (Reuters) - Um terremoto de magnitude 5,6 atingiu neste sábado as imediações de Guantánamo, em Cuba, informou o Serviço Geológico dos Estados Unidos (USGS, na sigla em inglês). Autoridades afirmam não haver informação sobre danos. O epicentro do tremor foi a uns 43 quilômetros a sudoeste de Guantánamo e teve uma profundidade de 22 quilômetros, informou o órgão. Não havia alerta de tsunami para a região.

Reuters |

Os Estados Unidos têm uma base naval na Bahia de Guantánamo, onde está localizada uma prisão com 188 detentos.

Um sismo dessa magnitude pode causar danos consideráveis, mas o porta-voz da base norte-americana disse não haver nenhum.

Na cidade de Santiago de Cuba, aproximadamente a uns 50 quilômetros do epicentro, as comunicações telefônicas se encontravam parcialmente interrompidas.

"Foi terrível e bastante forte. Durou mais do que o normal. Os telefones estão só recebendo chamadas", relatou Ariadna, uma cubana de 34 anos em conversa telefônica com a Reuters.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG