Terremoto de magnitude 5,5 atinge o Chile

Não há informações sobre vítimas ou danos materiais

EFE |

Um terremoto de magnitude 5,5 graus na escala Richter atingiu nesta quarta-feira o centro do Chile, mas por enquanto não há informações sobre vítimas ou danos materiais.

Segundo o instituto de Geofísica da Universidad de Chile (GUC), o tremor foi sentido às 20h36 pelo horário local (21h36 em Brasília), com epicentro a 37 quilômetros ao noroeste da localidade litorânea de Pichilemu, com apenas 8,8 quilômetros de profundidade.

Segundo o Escritório Nacional de Emergência (Onemi), o abalo foi sentido nas regiões de Valparaíso e Maule, no centro-sul do Chile, com diferentes intensidades.

Nesta quarta-feira as zonas centro e sul do Chile foram atingidas por uma sequência de tremores que, em algumas regiões, fizeram com que alguns habitantes fugissem para locais altos por medo de maremoto. Segundo o sismólogo do Serviço Geográfico da Universidad de Chile Sergio Barrientos, estes tremores são réplicas tardias do terremoto ocorrido em 27 de fevereiro.

O mesmo cientista reiterou que ainda não houve a "grande réplica" do terremoto, que, para ele, será igual ou mais forte que o abalo de fevereiro, que chegou à magnitude de 8,8 na escala Richter.

    Leia tudo sobre: abaloterremotoChile

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG