Um terremoto de 6,6 graus na escala aberta de Richter sacudiu neste domingo a costa da ilha de Ishigaki, no arquipélago de Okinawa (sul do Japão), sem que por enquanto se tenha informado de danos, segundo a Agência Meteorológica do Japão.

O terremoto aconteceu às 15h10 (horário local, 4h10 de Brasília) e provocou a emissão de um alerta de tsunami em Ishigaki e outras ilhas do arquipélago de Okinawa, por causa de ondas de até 50 centímetros de altura.

O tremor teve seu epicentro a uma profundidade de 10 quilômetros abaixo do nível do mar ao sul de Ishigaki e alcançou um valor de três pontos na escala japonesa fechada de sete, que analisa as localidades afetadas pelo terremoto mais do que sua intensidade.

O Japão fica em uma das regiões sísmicas mais ativas do mundo e sofre com relativa frequência terremotos de grande intensidade, apesar de eles não costumarem provocar danos, porque as construções do país são preparadas para os tremores.

O terremoto mais grave ocorrido no Japão nos anos recentes foi registrado em Kobe (oeste) no dia 17 de janeiro de 1995, com uma magnitude de 7,3 graus na escala aberta de Richter, e que deixou mais de seis mil mortos.

Leia mais sobre terremoto

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.