Terremoto de 6,0 graus sacode o México

CIDADE DO MÉXICO (Reuters) - O sul do México foi atingido por um terremoto de magnitude 6,0 nesta segunda-feira que sacudiu prédios na capital, Cidade do México, mas não há informações sobre mortos ou estragos. Centenas de pessoas abandonaram prédios na capital, muitas delas usando máscaras cirúrgicas devido ao surto mortal da gripe suína que já pode ter matado 149 pessoas no país.

Reuters |

O Serviço Geológico dos Estados Unidos (USGS, na sigla em inglês) informou que o epicentro do tremor foi localizado a 30 quilômetros sul-sudoeste de Tixtla, Guerrero, cerca de 240 quilômetros da Cidade do México, e a 40 quilômetros de profundidade.

"Foi sentido bem forte aqui. Não há feridos ou mortos... Estamos monitorando a situação na área", disse Marcos González, autoridade de proteção civil da cidade de Chilpancingo, próxima ao epicentro do tremor.

Não há informações sobre mortes ou estragos causados pelo terremoto na Cidade do México, cuja extensa região metropolitana tem população de cerca de 20 milhões de habitantes, disse uma autoridade de proteção civil.

Tremores de magnitude 6,0 são classificados como fortes e são capazes de causar grandes destruições.

O peso mexicano, já afetado pelo nervosismo em relação à gripe suína, se desvalorizou aos seus níveis mais baixos após o tremor.

O ministro de Saúde do México, José Angel Cordova, disse nesta segunda-feira que a gripe suína pode ter matado até 149 pessoas no país e o número de casos segue aumentando.

(Reportagem de Anahi Rama e Helen Popper)

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG