Terremoto atinge leste da Turquia

Hotel com jornalistas e equipes assistenciais e ao menos outras 17 construções desabaram com tremor de 5,6 graus; há três mortos

iG São Paulo |

Um terremoto de 5,6 graus de magnitude derrubou pelo menos um hotel de seis andares e causou o colapso de outros prédios no leste da Turquia neste quarta-feira, deixando ao menos três mortos, de acordo com informações da mídia turca. Segundo a mídia local, ao menos 18 construções desabaram, deixando um grande número de vítimas sob os escombros.

EFE
Homem ferido recebe ajuda depois de terremoto
De acordo com a Associated Press, mais de 50 pessoas estão soterradas nos escombros do hotel na cidade de Van, cuja província homônima foi atingida por um abalo de 7,2 graus que deixou mais de 600 mortos em 23 de outubro. Segundo a TV Sky Turk, o hotel era usado por jornalistas e equipes assistenciais. Vozes pedindo ajuda podiam ser ouvidas de debaixo dos escombros.

Também de acordo com a AP, 11 pessoas foram retiradas com vida dos destroços das construções que desabaram. Com 5 km de profundidade, o epicentro do tremor fica no distrito de Edremit, localizado a cerca de 16 km da cidade de Van. O terremoto aconteceu às 21h23 locais (17h23 de Brasília). De acordo com a AP, o tremor não provocou estragos no local do epicentro.

Segundo a TV Estatal TRT, o terremoto derrubou o hotel, assim como algumas construções que haviam ficado danificadas no tremor que atingiu a região há duas semanas. Imagens de TV mostraram residentes e equipes de resgate tentando levantar os escombros para retirar os que estão sob os destroços do hotel. O vice-primeiro-ministro Besir Atalay afirmou que o tremor desta quarta-feira  fez desabar um hotel, uma escola e outras construções.

Também de acordo com a NTV, equipes de resgate estão sendo enviadas ao local a partir da capital da Turquia, Ancara, e de outras áreas do país, uma semana depois de os trabalhadores terem começado a limpar os destroços do abalo sísmico anterior.

O Crecente Vermelho da Turquia enviou imediatamente à região atingida 15 mil tendas e 300 membros das suas equipes. Alper Kucuk, membro do Crescente Vermelho, afirmou à BBC que os esforços das equipes estarão voltados ao hotel, uma vez que acreditavam que "as outras construções estivessem vazias".

Cerca de 1,4 mil tremores secundários atingiram a região desde o tremor de 23 de outubro. Muitos residentes têm vivido em tendas apesar do frio, com muito medo de retornar a suas casas. Pelo menos 2 mil construções foram destruídas pelo terremoto de 7,2 graus, e as autoridades declararam que outras 3,7 mil construções ficaram imprópria para habitação.

*Com AP e BBC

    Leia tudo sobre: turquiaterremototremorterremoto na turquia

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG