ROMA (Reuters) - Um forte tremor atingiu na sexta-feira a cidade italiana que receberá a cúpula de líderes do G8 na semana que vem, fazendo prédios balançarem, alarmes de carros dispararem e aterrorizando moradores ainda assustados com um violento terremoto em abril. Autoridades italianas disseram que o tremor teve magnitude 4,1, forte o bastante para fazer com que alguns moradores de LAquila saíssem correndo de suas casas para as ruas, mas sem causar danos.

O terremoto de abril matou quase 300 pessoas e deixou mais de 60 mil desabrigadas.

O primeiro-ministro italiano, Silvio Berlusconi, deu garantias de que as instalações que serão usadas pelos líderes do G8 no encontro entre 8 e 10 de julho têm capacidade de suportar tremores mais fortes.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.