Terremoto atinge área de mineração de cobre no Chile

WASHINGTON (Reuters) - Um terremoto de magnitude 5,8 atingiu o norte do Chile nesta quarta-feira, informou o Serviço Geológico dos Estados Unidos (USGS, na sigla em inglês), provocando tremores de terra em uma área em que há minas de cobre. Não houve relatos imediatos de prejuízos. O terremoto atingiu um local a 100 quilômetros de Iquique, segundo a agência, região onde estão as grandes áreas de mineração de cobre do país. O USGS havia medido o terremoto em 6.1 graus, mas revisou a medida para baixo.

Reuters |

A mina Collahuasi, da Anglo American, é localizada próxima de Iquique. Responsáveis pela mina não estavam imediatamente disponíveis para comentar, e um representante da Anglo American disse que desconhecia a ocorrência do terremoto. O Chile é o maior produtor de cobre do mundo.

'As coisas estão calmas agora depois de um terremoto que foi sentido intensamente pela população local', disse à Reuters Miriam Escobar, governadora da província de Iquique.

'Houve ocorrência de deslizamentos na região, mas nenhum prejuízo foi informado'.

(Reportagem de Doina Chiacu e Monica Vargas)

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG