Terremoto agrava rachaduras em tradicional monumento italiano

Roma, 8 abr (EFE).- Os restos arqueológicos das Termas de Caracalla, onde uma rachadura preexistente se agravou depois do terremoto que na segunda-feira sacudiu o centro da Itália, passarão por obras de emergência, para evitar a queda do arco central da construção, informou hoje a imprensa local.

EFE |

Segundo o superintendente de Bens Arqueológicos de Roma, Angelo Bottini, as famosas termas serão submetidas a uma "intervenção técnica", que, devido ao caráter emergencial, será contratada sem licitação.

As obras começarão nos "próximos dias", disse Bottini, que, no entanto, informou que as últimas réplicas do terremoto, como a de 5,3 graus na escala Richter registrada na tarde de ontem, não causaram "nenhum dano" ao ponto turístico.

Os outros monumentos de Roma não foram atingidos por nenhum dos tremores sentidos nos últimos dias. EFE if/sc

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG