Terno de luxo é vendido por R$ 227 mil em Londres

Um terno feito com a lã mais cara do mundo foi vendido para um comprador misterioso em Londres, por 70 mil libras (equivalente a pouco mais de R$ 227 mil). A roupa única foi confeccionada com uma mistura de pashminacom lã de vicunha, animal nativo da América do Sul, e a fibra qiviuk, retirada do raro boi almiscarado, encontrado no Ártico e na Groenlândia.

BBC Brasil |

A composição precisou de 5 mil pontos de costura individuais, a 14 libras (R$ 45) cada um, em um trabalho que levou mais de 80 horas.

Nove botões de diamantes e ouro 18 quilates completam o terno, que será entregue ao comprador desconhecido em uma festa em Londres.

A roupa leva a assinatura do designer Alexander Amosu, que fez sua fortuna compondo e vendendo toques de celular, e agora ficou conhecido no mercado de alto luxo por personalizar celulares, iPods e outros gadgets eletrônicos.

Segundo a empresa de Amosu, entre seus clientes estão o piloto Lewis Hamilton, o rapper 50 Cent, o empresário Richard Branson e as cantoras Lilly Allen e Alicia Keys.

Leia mais sobre: ternos

    Leia tudo sobre: dinheiro

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG