Phnom Penh, 27 jul (EFE).- A jornada de votação para escolher o novo Parlamento do Camboja terminou hoje após uma notável participação da população.

Os cerca de 15 mil colégios eleitorais espalhados pelo país abriram suas portas às 7h (21h de sábado em Brasília) para receber os 8 milhões de cambojanos convocados às urnas.

A Comissão Eleitoral assinalou que os funcionários começarão agora a transferir as urnas aos centros de apuração para que o processo seja iniciado.

Os cambojanos vão eleger 123 dos 1.162 candidatos que brigam para fazer parte do Parlamento.

As pesquisas de opinião indicam uma folgada vitória do Partido do Povo do Camboja (PPC), a antiga legenda comunista liderada por Hun Sen, um ex-comandante que desertou das fileiras do Khmer Vermelho para se unir às tropas vietnamitas que em janeiro de 1979 invadiram o país.

O PPC, que governa o Camboja há três décadas, controla atualmente 73 cadeiras do Parlamento, enquanto o principal partido da oposição, o Sam Rainsy, é representado por 24 deputados. EFE jcp/mh

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.