A greve dos operários que trabalham nas construções dos estádios da Copa do Mundo da África do Sul-2010 chegou ao fim nesta quarta-feira, após um acordo salarial.

A paralisação, iniciada há uma semana, ameaçava as obras de vários estádios e outros projetos relacionados ao torneio.

Após 15 horas de negociações, os trabalhadores aceitaram um aumento salarial de 12%, 1% abaixo do que era reclamado.

Os trabalhadores devem retornar às obras ainda nesta quarta-feira.

fb/fp

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.