Termina a primeira fase da operação britânica no Afeganistão

A primeira fase da operação britânica Garra de Pantera contra os rebeldes talibãs no sul do Afeganistão terminou, informou nesta segunda-feira o ministério da Defesa britânico.

AFP |

"São três fases. A primeira era a mais pesada militarmente. A segunda é uma fase de contenção e a terceira uma fase de construção", acrescentou.

A operação "Garra de Pantera" foi lançada em 23 de junho para expulsar os talibãs do norte da província de Helmand, sul do país, antes das eleições presidenciais e provinciais de 20 de agosto.

Nesta operação participam 3.000 dos 9.000 soldados que a Grã-Bretanha mantém atualmente nesse país, principalmente em Helmand, uma das mais violentas e reduto dos talibãs.

É, além disso, a primeira província produtora de ópio do país, um tráfico que a rebelião usa para se financiar.

Paralelamente, os americanos realizam desde 2 julho outra ofensiva importante no sul da província de Helmand, na qual estão envolvidos 4.000 militares.

A "Garra de pantera" provocou um aumento do número de baixas militares britânicas em julho no Afeganistão, o mês mais violento desde o início das operações contra os talibãs no final de 2001. Desde então, 189 soldados britânicos perderam a vida nesse país.

rjm-ra/cn

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG