Terceira missão tripulada chinesa retorna à Terra com sucesso

PEQUIM - O módulo de volta da nave Shenzhou VII aterrissou neste domiongo sem contratempos em uma pradaria da região autônoma chinesa da Mongólia Interior com seus três astronautas a bordo, completando assim com sucesso a terceira missão tripulada da China, segundo informou a televisão estatal chinesa CFTV.

Redação com agências internacionais |

A televisão nacional, que acompanhou a viagem dos astronautas Zhai Zhigang, Liu Boming e Jing Haipeng desde que decolaram para o espaço, transmitiu as imagens do módulo caindo em pára-quedas e pousando com relativa suavidade nas pradarias mongóis por volta das 17h38 hora local (6h38 de Brasília).

Passeio espacial

O astronauta chinês Zhai Zhigang, de 41 anos e comandante-em-chefe da missão "Shenzhou VII", fez no sábado o primeiro passeio espacial de seu país.

Astronauta chinês no espaço
Astronauta chinês faz primeiro passeio espacial de seu país

Zhigang saiu do módulo orbital e começou a flutuar no espaço a 343 quilômetros da Terra, o que transforma a China no terceiro país capaz de realizar "passeios espaciais", após Estados Unidos e Rússia.

Zhai e outro dos 3 astronautas a bordo da nave, Liu Boming, prepararam durante 15 horas o traje espacial "Feitian" ("Voador do Céu"), de tecnologia chinesa, com o qual o primeiro deles cruzou a porta do módulo e saiu pouco depois das 16h40 de Pequim (5h40, horário de Brasília).

O passeio espacial durou aproximadamente 20 minutos e foi transmitido pela televisão estatal chinesa "CFTV-4", que acompanhou minuto a minuto a terceira missão espacial tripulada da China desde que a nave foi lançada, na quinta-feira dia 25.

O primeiro "passeio espacial" da história foi realizado pelo soviético Alexei Leonov, no dia 18 de março de 1965.

Leia mais sobre China

    Leia tudo sobre: astronauta

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG