Tensão aumenta e Coreia do Norte coloca exército em estado de alerta

A Coreia do Norte anunciou nesta segunda-feira que colocou suas tropas em estado de alerta, no primeiro dia de manobras conjuntas dos Estados Unidos e da Coreia do Sul na região, o que o regime comunista considera o prenúncio de uma invasão de seu território.

AFP |

Pyongyang ameaçou ainda com uma guerra, caso o satélite que pretende lançar em breve seja interceptado, apesar das advertências de Washington e Seul que temem que o disparo envolva na realidade um novo teste de míssil de longo alcance.

"Disparar contra nosso satélite, destinado a fins pacíficos, significará uma guerra", advertiu um porta-voz do Estado-Maior do Exército Popular da Coreia, em um comunicado divulgado pela agência oficial KCNA.

Tóquio, na defensiva desde que a Coreia do Norte disparou em 1998 um míssil que sobrevoou seu território, afirmou estar disposto a derrubar qualquer lançamento norte-coreano em direção ao Japão.

bur-sm/fp

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG