Los Angeles (EUA), 20 jan (EFE).- Um temporal que castiga o condado de Los Angeles desde segunda-feira obrigou a retirada de aproximadamente mil famílias devido ao risco de possíveis inundações, informaram hoje as autoridades.

Entre as áreas mais afetadas estão La Crescenta, La Cañada Flintridge e Acto, onde as autoridades planejam esvaziar cerca de 500 casas.

Outro dos pontos críticos é a cidade de Glendale, onde 340 famílias receberam a ordem para deixar suas residências.

Além disso, o Departamento de Polícia de Los Angeles solicitou a saída de 262 famílias na zona nordeste de San Fernando Valley, devido ao risco de possíveis deslizamentos de terra.

Os residentes das áreas afetadas foram informados de que deviam abandonar suas casas logo no início da manhã, segundo a porta-voz do condado, Vicki Gardner.

"Se a tempestade continuar, é possível que seja necessário realizar mais retiradas", disseram as autoridades locais em comunicado.

A meteorologia alertou para possíveis inundações e fortes tempestades e ventos na região, mas as chuvas mais fortes estão previstas para amanhã.

As autoridades nacionais de meteorologia emitiram na terça-feira um alerta de tornado para o sul de Los Angeles, Long Beach e Whittier devido às fortes tempestades, que provocaram ventos de até 55 km/h.

Até agora duas pessoas já morreram por conta das chuvas. Com isso, mais famílias deverão ter de deixar suas casas até a próxima segunda. EFE.

mg/dp

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.