Argel, 22 jan (EFE).- Quinze pessoas morreram e outras 41 ficaram feridas devido a um temporal de fortes chuvas e neve que afeta a Argélia, a maioria delas nos Hauts Plateaux (Altos Platôs), que ficam no centro do país e formam uma região especialmente fria no inverno (no hemisfério norte), informou hoje fontes de Defesa Civil.

Os temporais começaram ontem e atingem mais de 20 províncias, especialmente a de Adar, onde dezenas de casas desabaram.

A maioria das vítimas morreu em suas casas pela inundação de rios ou atingidas por raios, em chuvas acompanhadas de granizo.

Para evitar que se reproduza o desastre de outubro, em Ghardaia, onde outro temporal matou 48 pessoas, o Governo argelino enviou tendas de campanha e diverso material de ajuda aos desabrigados a Adrar, em aviões militares dezenas.

Além dos acidentes naturais, a Defesa Civil acrescentou que 66 pessoas morreram na Argélia desde dezembro por asfixia de monóxido de carbono emitido pela combustão de gás de calefação, cujo consumo aumentou devido ao intenso frio das últimas semanas. EFE sk-jg/jp

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.