Temporal de neve causa 13 mortes na província chinesa de Xinjiang

Pequim, 25 jan (EFE).- O pior temporal de neve dos últimos 60 anos na região noroeste de Xinjiang causou pelo menos 13 mortes e 1.

EFE |

168 feridos, informou hoje a agência oficial "Xinhua".

Conforme o escritório provincial de Assuntos Civis, as tempestades da semana passada, acompanhadas pelas bruscas quedas de temperatura de até 30 graus negativos, atingiram especialmente às regiões de Altay e Tacheng, ao norte de Xinjiang e na fronteira com o Cazaquistão.

Nove pessoas morreram em Altay - oito em uma avalanche e o restante pelo frio extremo. A Prefeitura autônoma de Ili registrou quatro mortos por avalanche.

Pelos cálculos das autoridades chinesas 1,42 milhão de pessoas foram atingidas pelo temporal, das quais 161 mil tiveram de sair de suas casas.

Segundo as primeiras estimativas, 7.125 moradias ficaram destruídas e outras 21.856 sofreram algum tipo de dano.

Por causa da tempestade, 101 mil cabeças de gado também morreram.

Nas áreas mais atingidas há problemas no abastecimento de grãos, cobertores, roupas e combustível.

Diante da gravidade da situação, o primeiro-ministro chinês, Wen Jiabao, visitou Xinjiang para inspecionar os trabalhos de socorro e prometer ajudas aos desabrigados. EFE gmp/dm

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG