Maioria das vítimas morreu devido à queda de muros e outros objetos

Pequim - Tempestades com granizo e forte vento causaram a morte de 17 pessoas e feriram 118 na província chinesa de Cantão, no sul de país, informou nesta segunda-feira a agência oficial "Xinhua". Quase todas as vítimas morreram devido à queda de muros e de objetos provocados pelos fortes ventos.

Segundo o Ministério de Assuntos Civis chinês, as chuvas e ventos afetaram 506,7 hectares de cultivos e provocaram perdas econômicas de 50 milhões de iuanes (US$ 7,6 milhões) na região. Na província de Guizhou, no sudoeste da China, as tempestades de granizo não causaram mortos, mas provocaram perdas econômicas no valor de 75 milhões de iuanes (US$ 11 milhões).

Equipes de resgate socorrem vítima debaixo de entulhos na cidade de Foshan
AP
Equipes de resgate socorrem vítima debaixo de entulhos na cidade de Foshan

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.