HOUSTON - A tempestade tropical Edouard ganhou força na terça-feira, ao atravessar o golfo do México, e deve atingir a costa do Texas com força próxima à de um furacão no meio do dia, informaram meteorologistas norte-americanos.

O Edouard, a quinta tempestade tropical da temporada de furacões no Atlântico de 2008, teve ventos de até 104 quilômetros por hora, informou o Centro Nacional de Furacões em um relatório divulgado às 5h (horário de Brasília).


Imagem de satélite mostra "Edouard" perto da costa americana / AP

Uma onda de tempestade de 0,6 a 1,2 metro deve atingir as áreas costeiras de Grand Isle, Louisiana e Sargent, Texas.

O Edouard tem 25% de chance de chegar à velocidade de um furacão, de 119 quilômetros por hora, antes de atingir a terra firme no norte do Texas ou no sudoeste da costa da Louisiana, informou o centro, baseado em Miami.

A tempestade, que se formou perto de uma enorme área de produção de petróleo e gás no norte do golfo do México no domingo, estava a cerca de 80 quilômetros a sudeste de Port Arthur, Texas, e 135 quilômetros a leste de Galveston. Ela se move a oeste-noroeste a cerca de 19 quilômetros por hora.

A tempestade pode causar acúmulo de chuvas de até 13 centímetros nas regiões costeiras de Louisiana e de até 25 centímetros em algumas partes do sudeste do Texas, segundo os meteorologistas norte-americanos.

O governador do Texas, Rick Perry, declarou 17 condados áreas de desastre e mobilizou cerca de 1.200 integrantes da Guarda Nacional. Em Louisiana, o governador Bobby Jindal declarou alerta de emergência em todo o Estado.

É possível que ocorram tornados isolados.

Apesar do oeste de Galveston poder ter algumas enchentes, as autoridades não ordenaram o esvaziamento da área.

'Nossas maiores preocupações agora são as quedas de energia e as enchentes nas ruas', disse Mark Sloan, coordenador de emergência do condado de Harris. 'Mas não deve ser um problema muito grande para nós'.

Leia mais sobre tempestade tropical

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.