Tempestade tropical causa 17 mortes e desloca milhares nas Filipinas

Tormenta Aere deixa 100 mil desalojados no leste do país; tempestade chegou no domingo com ventos de até 85 km/h

iG São Paulo |

AP
Os veículos ficaram ilhados e tentaram vencer os pontos de alagamento nas Filipinas
Inundações e deslizamentos de terra provocados pela tempestade tropical Aere deixaram ao menos menos 17 mortos e mais de 100 mil desalojados no leste das Filipinas, informaram nesta segunda-feira fontes oficiais.

A tempestade chegou no domingo com ventos de até 85 km/h na ilha de Catanduanes e nesta segunda se desloca em direção norte rumo à ilha de Luzon da capital Manila, informou o Serviço Atmosférico, Geofísico e Astronômico filipino.

A maioria das vítimas morreu afogada ou soterrada por deslizamentos provocados pelos fortes aguaceiros e pelo vento, que também provocou a queda de postes de eletricidade e de árvores, assim como cortes de várias estradas.

Mais de 5 mil famílias tiveram de ser retiradas e outras 4 mil ficaram presas na zona afetada, segundo a agência nacional de desastres.

A cada ano, entre 15 e 20 tufões passam pelo arquipélago durante a estação chuvosa, que começa entre maio e junho, e termina em outubro ou novembro.

*Com EFE e AP

    Leia tudo sobre: filipinasinundaçõestufãodeslizamento de terra

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG