Halong deixa mortos e desabrigados no norte das Filipinas - Mundo - iG" /

Tempestade Halong deixa mortos e desabrigados no norte das Filipinas

Manila, 19 mai (EFE).- Pelo menos quatro pessoas morreram e cerca de 5.

EFE |

000 perderam suas casas por causa do aumento de intensidade da tempestade tropical "Halong" na ilha de Luzon, norte das Filipinas, informaram nesta segunda-feira (horta local) fontes oficiais.

Os mortos foram atingidos pelos tetos de suas casas na província de Pangasinan, 200 quilômetros ao nordeste da capital, segundo um porta-voz dos serviços de emergência citado pela tevê "ABS-CBN".

Ondas gigantes de mais de três metros de altura destruíram casas e navios de pesca e obrigaram quase 900 pessoas a fugir dos povoados de Iba e Botolan, enquanto 5.000 vítimas foram retiradas da ilha de Panay.

O nordeste de Luzon, incluindo a cidade turística de Baguio, está com a provisão de energia cortada há cerca de 48 horas.

O "Halong" chegou no sábado à província de Cordillera com ventos de até 95 km/h, e os meteorologistas prevêem que ele vá desviar em direção ao centro de Luzon e da região de Sierra Madre.

As autoridades declararam estado de alerta máxima diante do risco de inundações e deslizamentos de terra.

As Filipinas sofrem a cada ano este tipo de problema climático, no qual dezenas de pessoas perdem a vida, principalmente durante a estação das chuvas, que começa em meados de maio ou início de junho, terminando em novembro.

No final de 2006, quatro tempestades consecutivas alagaram várias zonas da região de Bicol no sudeste de Luzon e causaram enchentes nas quais morreram mais de 1.300 pessoas, com quase três milhões de pessoas atingidas. EFE csm/ma

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG