Gustav causa chuvas no Haiti, e já atemoriza Cuba - Mundo - iG" /

Tempestade Gustav causa chuvas no Haiti, e já atemoriza Cuba

(atualiza com boletim das 12h de Brasília) Miami, 27 ago (EFE).- A tempestade tropical Gustav castiga hoje com fortes chuvas o Haiti, enquanto Cuba e Jamaica, seus próximos alvos, observam com temor a fúria do sistema, que pode se intensificar e virar furacão novamente.

EFE |

O sistema mantém ventos máximos sustentados de 95 km /h, com rajadas mais fortes, e deve se fortalecer ao se afastar do Haiti, informou hoje o Centro Nacional de Furacões dos Estados Unidos, com sede em Miami, em seu boletim das 12h (de Brasília).

"Se prevê um lento fortalecimento e a tempestade poderia se transformar em um furacão amanhã ou na sexta-feira", disse o NHC.

Os meteorologistas alertaram para a possibilidade de que o "Gustav" se torne um furacão de categoria três na escala de intensidade Saffir-Simpson (que vai de um a cinco), com ventos de mais de 178 km/h.

O "Gustav" se transformou no terceiro ciclone da temporada de furacões na terça-feira, e atingiu o sudeste do Haiti com ventos de 150 km/h, deixando pelo menos um morto e cinco feridos.

Na República Dominicana, as autoridades informaram a morte de pelo menos oito pessoas.

Está vigente um aviso de tempestade tropical (passagem do sistema em 24 horas) na fronteira entre República Dominicana e Haiti até a zona haitiana de Le Mole San Nicholas.

A Jamaica e as ilhas Cayman estão sob aviso de tempestade tropical e de vigilância de furacão (passagem em 36 horas).

Cuba mantém um aviso de furacão para as províncias de Guantánamo, Santiago de Cuba e Granma e uma vigilância de ciclone para as províncias de Holguín e Las Tunas.

O olho do "Gustav" se próximo à latitude 18,8 graus norte e da longitude 74 graus oeste, cerca de 180 quilômetros ao oeste de Porto Príncipe e a 125 quilômetros ao sudeste de Guantánamo, em Cuba.

O sistema se desloca muito lentamente, a 7 km/h na direção oeste-noroeste, e nesta trajetória a tempestade deve passar entre a Jamaica e a costa sudeste de Cuba na quinta-feira. EFE so/gs

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG