Fay perde velocidade e segue sem ganhar força - Mundo - iG" /

Tempestade Fay perde velocidade e segue sem ganhar força

(acrescenta boletim do NHC das 22h, de Brasília) Miami, 17 ago (EFE).- A tempestade tropical Fay reduziu sua velocidade nas últimas horas ao se aproximar de Cuba e, embora mantenha a ameaça de se transformar em furacão, segue sem ganhar força suficiente para isso, informou o Centro Nacional de Furacões (NHC) dos Estados Unidos em seu último boletim.

EFE |

A advertência de perigo de furacão se mantém vigente desde a região de Florida Keys até a baía de Tampa, no centro oeste da península.

A evacuação de turistas começou hoje na zona de Cayos e para amanhã já foi anunciado o fechamento das escolas públicas nos condados de Monroe e Miami-Dade.

O Governo de Cuba ampliou o aviso de furacão para as províncias de Havana e da capital até Sancti Spiritus.

O aviso de tempestade inclui também as províncias de Cienfuegos, Villa Clara e Matanzas, além das Bahamas e da Jamaica.

Ao passar por Cuba, "Fay" deve perder força, mas se aproximará a ainda na segunda-feira da região de Florida Keys com uma intensidade próxima a de um furacão de categoria um, ou seja, com ventos superiores a 100 km/h.

Às 22h (Brasília) de domingo, o centro da tempestade estava próximo a latitude 21.0 norte e a longitude 80.3 oeste. Estava também a cerca de 330 quilômetros do sudeste de Havana e a 430 quilômetros de Key West (Flórida).

"Fay" se movimenta em direção ao oeste a 17 km/h e deve girar rumo ao noroeste ao longo do dia de hoje e, depois, mudar seu curso para noroeste na segunda-feira.

Os ventos máximos sustentados são de perto de 85 km/h e pode ganhar força nas próximas horas até se transformar em furacão quando se aproximar do leste de Cuba.

O NHC prevê que "Fay" se movimentará hoje próximo ao litoral sul de Cuba, cruzará a ilha durante a noite e se situará outra vez sobre as águas do Caribe na segunda-feira em direção a Key West, aonde poderia chegar como furacão de categoria um e ventos superiores a 100 km/h. EFE esc/rr

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG