Fay perde força, mas deve se reorganizar - Mundo - iG" /

Tempestade Fay perde força, mas deve se reorganizar

MIAMI - A tempestade Fay tende a perde força hoje, embora mantenha seu potencial de se transformar em um ciclone de categoria um, o que fez com que o governo de Cuba ampliasse sua advertência de furacão às províncias de Villa Clara, Cienfuegos e Matanzas.

EFE |

Segue vigente o alerta de furacão emitido hoje para as províncias de Camagüey, Ciego de Ávila e Sancti Spiritus perante a possibilidade de que "Fay" se transforme em ciclone nas próximas 36 horas, segundo o boletim das 19h (Brasília) do Centro Nacional de Furacões (NHC), com sede em Miami.

O Instituto de Meteorologia de Cuba informou hoje em seu último boletim que "Fay", não experimentou na tarde de sábado "mudanças significativos em sua intensidade, mas mostra melhor organização".

Pelo perigo que representa "Fay", o governador da Flórida, Charlie Crist, declarou hoje estado de emergência no estado diante da previsão de que a tempestade se fortaleça e se transforme em furacão antes de chegar à costa americanao.

O Governador advertiu à população que faça todos os preparativos para a chegada de um furacão, especialmente na região dos Cayos, ao sul, que pode ser afetada pelos fortes ventos e as tempestades amanhã.

Os turistas deverão evacuar obrigatoriamente a zona de Cayos a partir de domingo pela manhã, enquanto os habitantes devem estar preparados para observar a evolução da tempestade.

O Governo das Bahamas cancelou a advertência de tempestade tropical para as ilhas de Turks e Caicos e para o sudeste da ilha das Bahamas.

Também ficou cancelada a advertência de perigo de tempestade tropical no norte do Haiti, porém segue vigente no sudoeste.

Igualmente, persiste a advertência de tempestade para o centro das Bahamas, da Jamaica e das ilhas Cayman.

O centro da tempestade "Fay" deve ficar próximo da costa leste e do centro de Cuba entre sábado e domingo e perto do oeste de Cuba na noite de amanhã ou já na segunda-feira.

Na República Dominicana, as chuvas associadas a esta tempestade já deixaram um morto e dois desaparecidos, porém as autoridades locais suspenderam o alerta, pois "Fay" se distanciou de território dominicano.

Às 19h (Brasília), o centro da tempestade estava próximo à latitude 19.3 norte, longitude 75.2 oeste e a cerca de 365 quilômetros de Camagüey (Cuba) e a 100 quilômetros de Guantánamo.

O NHC advertiu que tanto no oeste de Cuba, como a Jamaica, os cabos da Flórida e o sul da Flórida devem de seguir o progresso do sistema, já que na madrugada da segunda-feira a tempestade pode se transformar em furacão antes de entrar em território cubano.

Fay" se movimenta em direção ao oeste a cerca de 26 km/h e é provável que gire rumo ao noroeste ao longo do dia de hoje e que se dirija ao noroeste no domingo pela noite.

Seguindo essa trajetória, o centro de "Fay" se movimentará em território haitiano durante este sábado e passará próximo ao litoral sudeste de Cuba na noite de hoje e no domingo.

Os ventos máximos se aproximam de 75 km/h e é possível que perca um pouco de força enquanto se movimente sobre o Haiti. Porém, pode voltar a ganhar potência quando o centro voltar às águas cálidas do Caribe.

A Administração Nacional de Oceanos e Atmosfera (Noaa, por na sigla em inglês) ressaltou em sua previsão atualizada de agosto que a temporada atlântica registrará uma maior atividade este ano com a formação de entre 14 a 18 tempestades tropicais. Delas, entre sete e dez devem se transformar em furacões.

    Leia tudo sobre: tempestade

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG