Erika tende a efraquecer antes de chegar ao Caribe - Mundo - iG" /

Tempestade Erika tende a efraquecer antes de chegar ao Caribe

Miami - A tempestade Erika tende a perder força conforme se aproxima de Porto Rico e das ilhas Virgens que seguem sob alerta, informou hoje o Centro Nacional de Furacões (NHC), com sede em Miami.

EFE |

O NHC indicou em seu boletim da meia-noite de Brasília que "Erika" mostra sinais de enfraquecimento para as próximas doze horas, enquanto se mantém a advertência de vigilância de tempestade tropical para Dominica, Ilhas Virgens e Porto Rico.

Também segue vigente um aviso de tempestade tropical (passagem em 24 horas) para as ilhas de Guadalupe, San Martín, São Bartolomeu, Antígua e Barbuda, Montserrat, São Cristóvão e Nevis, São Eustáquio e Saba.

Os meteorologistas recomendaram à República Dominicana e Haiti estar atentos ao avanço da quinta tempestade tropical da temporada de furacões no Atlântico de 2009.

"Erika", que está mal organizada, tem ventos máximos sustentados de 65 km/h e é possível que se debilite até transformar-se em uma depressão tropical nos próximos dois dias.

Uma tempestade se transforma em depressão tropical quando seus ventos máximos sustentados são de 62 km/h.

O centro de "Erika" se localizava à meia-noite de Brasília próxima da latitude 16,1 graus norte e da longitude 62,4 graus oeste, cerca de 470 quilômetros ao leste-sudeste de San Juan de Porto Rico.

Vai em direção oeste a 15 km/h e espera-se que comece a movimentar-se para o oeste-noroeste na quinta-feira na manhã .

Com esta rota, a tempestade estará sobre as Antilhas menores esta noite e alcançará Porto Rico na tarde da quinta-feira, segundo as previsões do NHC.

"Erika" causará fortes chuvas e perigosas ondas nas Antilhas Menores e Porto Rico durante os próximos dois dias.

A temporada de furacões na bacia atlântica começou o passado 1º de junho e finalizará no próximo dia 30 de novembro.

Na temporada se formaram cinco tempestades, incluindo "Erika", e um furacão.

A Administração Nacional de Oceanos e Atmosfera (NOAA) de EUA, em sua previsão atualizada no começo de agosto, prevê a formação de 7 a 11 tempestades tropicais e de 3 a 6 furacões, sendo que um ou dois poderiam ser de categoria 3, 4 ou 5, as maiores na escala de intensidade Saffir-Simpson.

Leia mais sobre: tempestades

    Leia tudo sobre: temperaturatempestadeterremoto

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG