Bill atravessa o Atlântico norte - Mundo - iG" /

Tempestade Bill atravessa o Atlântico norte

Miami, 24 ago (EFE).- A tempestade Bill atravessará o Atlântico Norte com fortes ventos, após perder nas últimas horas a condição de furacão e de fenômeno tropical, informou o Centro Nacional de Furacões (NHC, em inglês) dos Estados Unidos, com sede em Miami.

EFE |

"Bill", que foi o primeiro furacão da temporada, se movimenta a uma velocidade de 69 km/h, com ventos de 110 km/h, que o mantêm ainda como perigosa tempestade, que causará grandes ressacas no Atlântico norte.

Em sua passagem pelo Atlântico, sempre em direção norte e longe da costa leste dos Estados Unidos e do Canadá, "Bill" provocou fortes chuvas e ressacas, que causaram a morte, no domingo, de uma menina americana de 7 anos, arrastada por uma gigantesca onda.

O fato ocorreu na localidade de Belfast (Maine), quando a onda arrastou cerca de 20 pessoas e 11 delas precisaram ser atendidas em hospitais.

Todos os avisos de perigo de tempestade foram hoje cancelados na costa leste do Canadá e dos Estados Unidos.

A temporada de furacões no Atlântico - que começa em 1º de junho e termina em 30 de novembro - tinha registrado até duas semanas atrás pouca atividade, devido à presença do fenômeno "El Niño" no Pacífico.

O fenômeno do "El Niño" inibe a formação de furacões no Atlântico e tem o efeito contrário no Pacífico.

Até agora, houve a formação de três tempestades tropicais - "Ana", "Bill" e "Claudette" - das quais a segunda se transformou no primeiro furacão da temporada na bacia atlântica.

A Administração Nacional de Oceanos e Atmosfera (NOAA) dos EUA prevê para esta temporada a formação de entre 7 e 11 tempestades tropicais, de 3 a 6 furacões. Destes últimos, um ou dois poderiam ser de categoria 3, 4 ou 5, as maiores na escala de intensidade Saffir-Simpson. EFE esc/an

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG