Tempestade mata ao menos 13 na África do Sul

Johanesburgo, 5 jan (EFE).- Pelo menos 13 pessoas morreram durante uma violenta tempestade que castigou neste fim de semana várias regiões da província de Kwazulu-Natal, no leste da África do Sul, confirmaram hoje autoridades locais.

EFE |

A tempestade, que atingiu toda a área ao leste das montanhas Drakensberg, foi descrita pelas autoridades como a pior em muitas décadas.

Além disso, afirmaram que os danos materiais são enormes, devido aos fortes ventos que destruíram casas e colheitas.

Somente na região de Inchanga, mais de mil casas ficaram destruídas pelo vendaval, segundo um comunicado do Governo de Kwazulu-Natal, que instalou acampamentos para acolher os desabrigados.

A região da África meridional está em plena temporada de chuvas estivais, que, normalmente, duram até o fim de março. EFE jm/mh

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG