Tempestade mata 61 e destrói milhares de casas na Índia

Uma tempestade deixou pelo menos 61 mortos e destruiu 65 mil casas no Estado de Bengala Ocidental, leste da Índia, informou nesta quarta-feira o governo local.

AFP |

A tempestade afetou um distrito 600 km ao norte de Calcutá, segundo Srikumar Mukherjee , ministro da Defesa civil de Bengala Ocidental.

"Muitas vítimas morreram esmagadas pelo desabamento de suas casas", disse Mukherjee, que não divulgou um número de feridos.


Mulher se abriga em casa danificada pelo vento / Reuters

Tempestade devastadora

A tempestade começou na noite de terça-feira no distrito de Dinajpur, com ventos de até 125 km/h que arrastaram grandes quantidades de areia. Mais tarde, a tempestade se deslocou até os distritos de Araria e Purnia, no Estado vizinho de Bihar. Pelo menos 32 pessoas morreram em Bengala e 29 em Bihar por causa da tempestade, que deixou 225 feridos, segundo fontes oficiais.

O vento derrubou milhares de árvores e bloqueou as principais vias de tráfego, rompeu postes elétricos e linhas de comunicação e destruiu mais de 50 mil imóveis. O inspetor da polícia do norte de Bengala, Kundan Lal Tamta, expressou à agência "Ians" seu temor de que "muita gente esteja sob árvores caídas e casas arrasadas".

O ministro de Defesa Civil bengali, Srikumar Mukherjee, explicou que a tempestade começou quando os cidadãos já estavam dormindo e os danos foram consideráveis porque a maioria das casas derrubadas era construída com barro. Mukherjee descreveu a situação como "muito grave", pois teme que milhares de pessoas tenham ficado sem suas casas.

Não há energia elétrica e os sistemas de telefonia fixa e móvel não funcionam, dificultando ainda mais a busca por informações.

Leia mais sobre Índia

    Leia tudo sobre: índia

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG