Tempestade mata 18 e deixa 1 milhão de casas sem luz na França

Paris, 28 fev (EFE).- A forte tempestade que atinge hoje o oeste da França matou pelo menos 18 pessoas e deixou cerca de um milhão de casas sem eletricidade em todo o país.

EFE |

Em Vendée, um dos quatro departamentos do litoral que estavam em alerta máximo pela chegada das chuvas, sete pessoas morreram afogadas e outras cinco que as acompanhavam seguem desaparecidas.

No departamento de Charente-Maritime morreram mais cinco pessoas - quatro idosos e uma criança de 10 anos - e no de Loire-Atlantique, outras duas.

Houve também quatro mortes associadas a objetos arrastados pelo forte vento e à inalação de gases tóxicos de um gerador elétrico que um casal ligou ao ficar sem energia.

Seguem em alerta laranja, o segundo nível de emergência previsto, 31 departamentos franceses, que ainda sofrem as consequências das chuvas e dos fortes ventos.

O presidente francês, Nicolas Sarkozy, emitiu um comunicado oficial no qual pede ao Governo que se movimente "sem esperar" para que as medidas de ajuda possam chegar o mais rapidamente possível às áreas atingidas.

O serviço meteorológico nacional informou que a tempestade começa a abandonar o território francês pelo norte do país, mas que ainda há perigo de enchentes em vários departamentos do oeste, especialmente na Bretanha.

A companhia aérea Air France anunciou a suspensão de 70 aterrissagens e decolagens previstas para o aeroporto Roissy-Charles de Gaulle, de Paris. EFE jam/rr

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG