Tempestade "Lee" gera alerta de remoção no sul dos EUA

Entre estados que sofrem com ventos fortes está New Orleans, que há seis anos enfrentou "Katrina"

EFE |

Diversos estados do sul dos Estados Unidos estavam neste sábado em alerta por causa da passagem da tempestade tropical "Lee", que está provocando fortes chuvas, ameaça com tornados e obrigou a remoção da população de algumas áreas por precaução em Nova Orleans, seis anos depois da tragédia do furacão "Katrina".

AFP
Ventos fortes derrubaram postes em New Orleans onde há alerta para tempestades

"Lee" está provocando intensas chuvas no sul da Louisiana e em regiões dos estados de Mississipi e Alabama, que podem causar "extensas inundações", alertou o Centro Nacional de Furacões (NHC) dos Estados Unidos, com sede em Miami, em seu boletim das 18h (de Brasília).

AFP
Imagem da Nasa mostra a tempestade Lee sobre os Estados Unidos
Louisiana e Mississipi estão desde sexta-feira em emergência para prevenir possíveis inundações associadas a "Lee", que também ameaça com intensas chuvas, ventos e ressacas em outros estados do sul, do Alabama ao Texas. Em Nova Orleans (Louisiana), o prefeito de Jean Lafitte, Tim Kerner, ordenou a retirada da população de algumas áreas fora do sistema de diques da cidade, pelo risco de inundações, informou o jornal local "The Times-Picayune".

Dezenas de voos do aeroporto internacional Louis Armstrong, da cidade, foram cancelados neste sábado e se prevê que outros sejam afetados durante a noite de sábado e a manhã de domingo, segundo Michelle Wilcut, uma porta-voz do terminal.

Nova Orleans também está em emergência desde sexta-feira, quando o prefeito, Mitch Landrieu, alertou que a tempestade "poderia despejar grande quantidade de chuva" e lembrou que os moradores estão fora da proteção do dique podem estar expostos a ondas de até 1,5 metros de altura. Precisamente no dia 29 de agosto fez seis anos das inundações que o devastador furacão "Katrina" provocou em 2005 em Nova Orleans, onde morreram 1,8 mil pessoas.

    Leia tudo sobre: LEEnew orleanstempestade eua

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG