Tempestade de neve que castiga leste dos EUA deixa 5 mortos

WASHINGTON - Pelo menos cinco pessoas morreram devido à tempestade de neve que castiga o leste dos Estados Unidos neste fim de semana. Os aeroportos de Washington foram fechados e a cidade está em situação de emergência, assim como quatro Estados do país.

EFE |


A tempestade avança lentamente para o norte e neste domingo atinge principalmente as áreas de Nova York, onde em alguns locais caíram cerca de 70 centímetros de neve, e de Massachusetts, onde há ventos em torno de 100 km/h e a visibilidade é nula.

Na cidade de Nova York, já caíram quase 30 centímetros de neve e a tempestade pode ser a pior em vários anos, segundo o Serviço Meteorológico Nacional.

Duas pessoas morreram em Ohio em acidentes de trânsito devido à tempestade, que fez também três vítimas fatais na Virgínia, uma por congelamento e duas em acidentes.

A neve causou várias ocorrências de trânsito - a Polícia da Virgínia indicou que, apenas neste estado, houve cerca de 3 mil - e deixou centenas de motoristas isolados em seus veículos.

Em um país onde o consumo representa a maior parte do Produto Interno Bruto (PIB), a tempestade também pode ter sérias repercussões econômicas.

No último fim de semana antes do Natal, quando tradicionalmente os consumidores vão comprar presentes, as lojas que chegaram a abrir estavam vazias.

Em Washington, os funcionários tentavam retirar a neve no aeroporto Ronald Reagan, onde a precipitação bateu os recordes para o mês de dezembro e alcançou 40 centímetros. O aeroporto de Dulles, o maior, abriu uma pista.

Devido à tempestade, as linhas aéreas cancelaram centenas de voos, tanto internos quanto internacionais, ao longo da costa leste.

Além de Washington, a cidade da Filadélfia e os estados da Virgínia, Maryland, Delaware e Virgínia Ocidental também declararam estado de emergência.

Leia também:


Leia mais sobre inverno

    Leia tudo sobre: eua

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG