Tempestade de neve castiga nordeste dos Estados Unidos

WASHINGTON - Uma tempestade de neve cobriu a região nordeste dos Estados Unidos nesta sexta-feira, onde o mau tempo provocou o fechamento de colégios, além de atrasos e cancelamentos de voos.

EFE |

Reuters
Homem caminha pelo Central Park, em Nova York

Homem caminha pelo Central Park, em Nova York

As más condições meteorológicas contribuíram para o registro de quatro mortes nas estradas de Massachusetts, Rhode Island e Nova York, informaram as autoridades.

Na Filadélfia, os responsáveis locais declararam a emergência meteorológica "Código Azul", que permite aos funcionários retirar os mendigos das ruas e levá-los a abrigos, porque as condições climatológicas representam risco.

Em Nova Jersey, o governador Jon Corzine afirmou que a tempestade poderia custar ao estado entre US$ 2,5 milhões e US$ 7 milhões.

O estado gastou cerca de US$ 22 milhões nas "frequentes tempestades de neve", uma quantia que representa quase o dobro do orçado para este ano.

Dezenas de escolas na Carolina do Norte, Carolina do Sul e Nova Jersey deram às crianças um dia livre, assim como os centros escolares na Filadélfia, Nova York e Boston.

O prefeito de Nova York, Michael Bloomberg, afirmou no domingo que a tempestade é típica do começo de março, que, segundo a autoridade, começa com a força de um leão e acaba aplacado como um cordeiro. "Está claro que os leões estão prontos para rugir", afirmou Bloomberg.

Leia mais sobre inverno

    Leia tudo sobre: nova york

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG