A televisão cubana afirmou nesta sexta-feira que os furacões Ike e Gustav arrasaram 500 mil casas e deixaram grandes danos na agricultura e nas obras de infra-estruturas que podem chegar a US$ 10 bilhões.

O programa mesa-redonda, que habitualmente expressa a posição do Governo sobre diversos temas, informou que as perdas "implicam em bilhões de dólares para o país".

"Há especialistas que calculam entre US$ 3 bilhões, alguns falam de US$ 10 bilhões como conseqüência direta da passagem do fenômeno natural", disse o âncora do programa, Randy Alonso.

Durante sua passagem de leste a oeste da ilha entre domingo e terça-feira, o furacão Ike afetou 323.809 imóveis, com 42.931 derrubadas totais, além de deixar dezenas de milhares de hectares arrasadas e severos danos nas infra-estruturas.

O presidente do Instituto Nacional da Habitação, Víctor Ramírez, disse que se às 90 mil casas afetadas em Pinar del Río e 20 mil na Isla de la Juventud pelo furacão Gustav, em 30 de agosto, se somarem as atingidas pela tempestade Fay e pelas chuvas intensas na região leste, o número imóveis danificadas chega a 514.865.

"Delas, derrubadas totais: 91.254; derrubadas parciais: 88.108; totais de teto: 118.364; e parciais de teto: 195.359", detalhou Ramírez.

Ele disse que nos últimos sete anos, mais de um milhão de casas no país foram afetadas pela passagem de fenômenos tropicais.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.