Televisão cubana diz que prejuízo por furacões pode chegar a US$ 10 bilhões

A televisão cubana afirmou nesta sexta-feira que os furacões Ike e Gustav arrasaram 500 mil casas e deixaram grandes danos na agricultura e nas obras de infra-estruturas que podem chegar a US$ 10 bilhões.

EFE |

O programa mesa-redonda, que habitualmente expressa a posição do Governo sobre diversos temas, informou que as perdas "implicam em bilhões de dólares para o país".

"Há especialistas que calculam entre US$ 3 bilhões, alguns falam de US$ 10 bilhões como conseqüência direta da passagem do fenômeno natural", disse o âncora do programa, Randy Alonso.

Durante sua passagem de leste a oeste da ilha entre domingo e terça-feira, o furacão Ike afetou 323.809 imóveis, com 42.931 derrubadas totais, além de deixar dezenas de milhares de hectares arrasadas e severos danos nas infra-estruturas.

O presidente do Instituto Nacional da Habitação, Víctor Ramírez, disse que se às 90 mil casas afetadas em Pinar del Río e 20 mil na Isla de la Juventud pelo furacão Gustav, em 30 de agosto, se somarem as atingidas pela tempestade Fay e pelas chuvas intensas na região leste, o número imóveis danificadas chega a 514.865.

"Delas, derrubadas totais: 91.254; derrubadas parciais: 88.108; totais de teto: 118.364; e parciais de teto: 195.359", detalhou Ramírez.

Ele disse que nos últimos sete anos, mais de um milhão de casas no país foram afetadas pela passagem de fenômenos tropicais.

    Leia tudo sobre: ike

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG