Uma nova tecnologia desenvolvida por cientistas japoneses permite que as pessoas possam sentir com o tato, com as mãos limpas, objetos virtuais por meio de ondas de ultra-som. Cientistas já haviam criado formas de integrar o sentido do tato a softwares, mas o que foi desenvolvido até hoje vinha exigindo que o usuário usasse luvas ou aparelhos mecânicos que produzem a sensação de toque.

A inovadora tecnologia japonesa, porém, permite que a sensação tátil seja reproduzida sem nada nas mãos.

O protótipo inclui uma câmera que identifica a posição da mão do usuário. A informação é transferida para geradores de ondas ultra-sônicas no aparelho, que emitem as ondas de diferentes maneiras, criando uma "forma" em pleno ar.

O resultado é uma sensação tátil de estar percorrendo a borda ou superfície de um objeto virtual.

Videogames
O sistema foi criado pelo pesquisador Takayuki Iwamoto e seus colegas da Universidade de Tóquio. A equipe está no momento aprimorando a tecnologia para permitir uma sensação tátil mais firme e a reprodução de objetos virtuais com formas mais complexas.

Iwamoto espera poder, no futuro, usar a técnica em programas 3-D e videogames e diz que sua equipe "recebeu várias propostas de empresas" quando o protótipo foi apresentado em uma conferência no mês passado.

O sistema é "o primeiro do tipo", segundo o pesquisador da Universidade de Glasgow Stephen Brewster, especializado em tecnologias táteis como essa.

"Você pode sentir com ambas as mãos, em vez de ter simplesmente um único ponto de contato, e várias pessoas podem usá-lo ao mesmo tempo", diz Brewster.

"É ótimo ter um aparelho que você pode simplesmente usar sem precisar vestir ou segurar qualquer outro dispositivo", afirmou.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.