Redação Central, 28 jan (EFE).- O galês Mark Hughes, técnico do Manchester City, disse que conversou com o atacante brasileiro Robinho na manhã desta quarta-feira e revelou que não se arrependeu de ter escalado o jogador na partida contra o Newcastle.

Robinho é acusado de estupro e foi submetido a um interrogatório na terça-feira.

"Ele (Robinho) não treinou na terça e conversamos na manhã de hoje (quarta). Robinho estava com a cabeça tranquila e pronto para jogar. Após os primeiros minutos de conversa, tive certeza de que ele estava pronto e queria jogar. Não tive dúvidas em escalá-lo", disse ao site do City.

O brasileiro teve boa atuação na vitória por 2 a 1 sobre o Newcastle e participou da jogada do primeiro gol, marcado por Shaun Wright-Phillips.

Hughes se mostrou satisfeito com a atuação de Robinho e destacou seu entrosamento com o recém-contratado atacante Craig Bellamy.

"Fiquei satisfeito com a nossa performance no primeiro tempo.

Nossas viradas de jogo foram excelentes e o entrosamento entre Robinho e Bellamy foi encorajador", afirmou.

Com o resultado, o City pulou para a nona posição, com 28 pontos, e o treinador disse que espera manter a equipe entre os dez primeiros do Inglês.

"Agora estamos no top 10 e queremos nos manter nesta parte da tabela. É nosso objetivo para o resto da temporada. Queremos olhar para frente, e temos confiança suficiente para vencer mais partidas", concluiu. EFE plc/rd

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.