Tbilisi: Comunidade internacional deixou Geórgia só frente ameaça russa

Bruxelas, 13 ago (EFE).- A ministra de Exteriores georgiana, Eka Tkeshelashvili, disse hoje que a Geórgia pediu, sem sucesso, ajuda à comunidade internacional diante da ameaça constante de ataques russos em seu território, e lamentou que o país tenha sido deixado só nessa situação.

EFE |

Em entrevista coletiva, Tkeshelashvili disse que, antes da invasão da Geórgia pelas tropas russas, o Governo de Tbilisi apelou à comunidade internacional, incluindo a Rússia, para advertir dos ataques à população georgiana na Ossétia do Sul.

"Mas não chegou ajuda, só chegou a invasão", disse.

A ministra disse que "nos deixaram sós nessa situação" e atribuiu parte da responsabilidade ao conjunto da comunidade internacional.

EFE epn/an

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG